terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Como se fabrica um sapato?



O calçado deve ter características que lhe permitam proteger o pé sem prejudicá-lo ou causar-lhe dano. Dependendo de como é concebido pelo fabricante e também escolhido e comprado pelo consumidor, o calçado afetará de forma negativa ou positiva na saúde e performance do pé e de todo o corpo. Embora o calçado tenha a função básica de proteger, hoje em dia exige-se bem mais dele. O segredo de um bom calçado está em se aliar: moda, saúde, durabilidade e conforto.

Como se faz um calçado: O modelista fará uso de sua criatividade primeiro desenhando no papel ou na forma sobre a qual posteriormente será montado o calçado. Desenha-se os moldes para várias peças e são confeccionadas navalhas especiais para o seu corte. Cortadas as peças, elas são encaminhadas para costura. Estima-se em média que um calçado é bem elaborado quando possui de 20 a 25 peças componentes.

Cabedal: Parte superior do calçado destinada a cobrir e proteger a parte de cima do pé. Elementos de reforço é Contraforte: Reforço colocado entre o cabedal e o forro, na região do calcanhar. é Couraça: Reforço colocado no bico do sapato, também entre o cabedal e o forro.

Solado: Conjunto de peças que formam a parte inferior do calçado e que se interpõem entre o pé e o solo.


Palmilha de montagem: Lâmina geralmente à base de celulose ou couro, do mesmo tamanho da planta da forma, sobre a qual é montado o Cabedal e a qual é fixada a sola externa.


Alma: que pode ser de aço, madeira, arame ou mesmo de plástico. Sua função principal é dar firmeza no caminhar, sustentando a planta do pé. 

Sola: Parte externa do solado, está em contato direto com o solo, e dela dependerá em grande parte a qualidade e performance do calçado.

Salto: Suporte fixado à sola na região do calcanhar e destinado a dar equilíbrio ao calçado.
O calçado deve ter características que lhe permitam proteger o pé sem prejudicá-lo ou causar-lhe dano. Dependendo de como é concebido pelo fabricante e também escolhido e comprado pelo consumidor, o calçado afetará de forma negativa ou positiva na saúde e performance do pé e de todo o corpo. Embora o calçado tenha a função básica de proteger, hoje em dia exige-se bem mais dele. O segredo de um bom calçado está em se aliar: moda, saúde, durabilidade e conforto.

Como se faz um calçado: O modelista fará uso de sua criatividade primeiro desenhando no papel ou na forma sobre a qual posteriormente será montado o calçado. Desenha-se os moldes para várias peças e são confeccionadas navalhas especiais para o seu corte. Cortadas as peças, elas são encaminhadas para costura. Estima-se em média que um calçado é bem elaborado quando possui de 20 a 25 peças componentes.

Cabedal: Parte superior do calçado destinada a cobrir e proteger a parte de cima do pé. Elementos de reforço é Contraforte: Reforço colocado entre o cabedal e o forro, na região do calcanhar. é Couraça: Reforço colocado no bico do sapato, também entre o cabedal e o forro.

Solado: Conjunto de peças que formam a parte inferior do calçado e que se interpõem entre o pé e o solo.


Palmilha de montagem: Lâmina geralmente à base de celulose ou couro, do mesmo tamanho da planta da forma, sobre a qual é montado o Cabedal e a qual é fixada a sola externa.


Alma: que pode ser de aço, madeira, arame ou mesmo de plástico. Sua função principal é dar firmeza no caminhar, sustentando a planta do pé. 

Sola: Parte externa do solado, está em contato direto com o solo, e dela dependerá em grande parte a qualidade e performance do calçado.

Salto: Suporte fixado à sola na região do calcanhar e destinado a dar equilíbrio ao calçado.
Vira: Tira de material de solado, colada ou costurada em torno do sapato.Materiais usados na fabricação de um calçado.
Vira: Tira de material de solado, colada ou costurada em torno do sapato.Materiais usados na fabricação de um calçado.

.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Sapatos





Add caption




De onde vieram os sapatos?


A empresa tirou seu nome da deusa grega da vitória, Nice. O chamado Swoosh, logotipo da marca, é um desenho gráfico criado por Carolyn Davidson em 1971 e vendido por apenas U$35 à empresa.
Seus principais rivais são a AdidasPuma AG e a Reebok, que foi vendida para a Adidas. A sede da Nike fica em Beaverton, Oregon.
A verdadeira empresa nasceu através de um treinador de atletismo universitário, Bill Bowerman, e seu sócio Phil Knight, que efetuaram várias experiências com a torradeira elétrica na casa de Bill, usando materiais como cimento, borracha a fim de descobrir uma sola melhor adaptada ao desempenho desportivo e ao bem estar. Com resultados bastante satisfatórios, começaram a ser-lhe cobiçados cada vez mais e mais pares. Desta maneira se fez a Blue Ribon Sports, que mais tarde viria a se chamar Swoosh e depois Nike (inicialmente uma linha da marca Swoosh).
  • Em 23 de outubro de 2007, foi anunciada a compra da Umbro à sua grande concorrente pelo valor de US$ 580 milhões.
A Nike patrocina muitos jogadores de futebolbasquetebol e outros esportes. Entre os mais famosos encontra-se o ex-jogador de futebol Ronaldo, que foi o primeiro jogador de futebol do mundo a ser patrocinado pela empresa Nike, e o futebolista português Cristiano Ronaldo. O primeiro desportista a ter um contrato com a Nike foi o jogador de basquete Michael Jordan, para quem hoje a própria Nike fabrica acessorios esportivos da linha Air Jordan. Também pelo basquete, Kobe Bryant, que é considerado o melhor jogador de basquete do mundo, é patrocinado pela Nike. Os jogadores patrocinados pela marca têm um prestígio grande no meio esportivo devido a sua grandeza. Entre os 3 melhores jogadores de futebol do mundo de 2009 eleitos pela FIFA, somente o argentino Messi não é patrocinado pela marca.
Em janeiro de 2010, a tenista Maria Sharapova voltou a ser a desportista mais bem paga do mundo, ao renovar o seu contrato com a marca, no valor de 70 milhões de dólares (cerca de 48 milhões de euros).[3]
A Nike em 2006 fez um feito para concorrer com suas rivais Adidas, Mizuno e Asics. Lançou o Nike+ para concorrer com o Adidas1.1. Para isso, foi firmada uma parceria com a Apple, usando seu modelo mais popular de iPod, o iPod Nano. O aparelho monitora as passadas e o desempenho do usuário e os registra no computador para que possam ser comparados. Além disso, a Nike, introduziu uma linha de camisas projetadas com bolsos especiais na manga ou no tronco com as dimensoes do pequeno aparelho da Apple. Entretanto para concorrer com a dobradinha, no início de 2008 a Samsung e a Adidas se uniram para criar o primeiro rival da tecnologia Nike+iPod, que permite aos seus usuários integrar seu calçado ao seu tocador portátil na hora de fazer exercícios e avaliar seu desempenho. A resposta da Samsung foi batizada de miCoach, um sistema que combina o telefone miCoach com um monitor de batimento cardíaco e um sensor que dá respostas precisas sobre atividades físicas. Será permitido transmitir dados para o website miCoach.com, que ajudará no planejamento de exercícios. A Sony Ericsson também passou a equipar sua linha Walkman (W) com acelerômetros e aplicativos em prol de monitorar as passadas de seus usuários. Para manter a competitividade ante os concorrentes, a Nike e Apple lançaram uma pulseira chamada Nike+ SportBand, na qual a presença de um iPod Nano se faz desnescessária, além de uma opção mais em conta.